Entre lábios e lábios


Entre lábios e lábios

Entre os meus lábios adormeces
dançam as línguas com os beijos
de garganta seca enlouqueces
de gemidos dos súbitos lampejos .

No peito encanto mamilos hirtos
onde o audaz pólen do fogo arde
fugindo dos solitários malditos ,
momentos sem ti em pura castidade…

Nos teus flancos recolho o mel
derramado nas respirações ofegantes
onde rios correm pelo capitel
erguido dentro dos amantes

Entre tuas pernas sou escravo
onde a areia … as ondas queima
e o sol secreto em poesia tema
cego de silêncio em ti tudo cravo…

Faz amor comigo….bebe-me a alma
dá rumo aos incontroláveis astrolábios
Que se enterram entre lábios e lábios…
Rouba-me com tesão toda a minha calma.

Robert

4 comentários:

Anónimo disse...

Nossa! Impossível ter calma com essa poesia! rss Que que isso?! Instigante seria pouco pra sua poesia, penso que eh lasciva, totalmente saliente, ardente, mais que envolvente, eh pra se jogar. Boa demais essa sensação que causou-me agora. beijos e beijos pra vc tbm!!!

♥ SANDRA AMORIM ♥ disse...

Ah menino... Hum fugiu todas palavras...rs Beijooooooooooooo

Anónimo disse...

COLOCANDO EM VERSOS DESEJOS CONTIDOS...VAMO QUE VAMO...2012 MUITAS INSPIRAÇÕES...FICOU ÓTIMO...BEIJOS...YLUNA

Flor Morena disse...

Acho bonito esse seu estasiado amor..., mas aí não tem só sonho não!!! Abraços, boa quinta-feira.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...