Como vou falar que te amo?


Como vou falar que te amo?

Eu sei que as palavras morrem na boca do amante,
como o gelo do inverno que derrete lentamente,
sem sombra protectora na luz radiante,
que aguarda apaixonadamente a luz do sol poente!

Sou romântico escravizado num pensamento ardente
de quem cavalga nas fronhas da sedução constante,
onde me apaixonei por ti... contemplando o azul distante
Olhando como um sábio ignorante e impotente!

O arco esticou as vergas lançando a seta ensanguentada...
trespassando o débil coração e a alma maltratada
oprimida pela muralha que submergia junto do Oceano...

E assim sem que a dor cale entre a densa neblina,
quero dizer que amo de paixão seu jeito de menina,
sem querer estrangular o sonho e os ais do teu piano.

Robert










8 comentários:

Flor Morena disse...

Este teu soneto me fez recordar do soneto de Felicidade de Vinicius de Morais..., numa linguagem mais emotiva, sem melancolia, apaixonante e respeitando as metáforas do coração, já que ele ñ fala, mas as palavras sim.

Denise Matos disse...

Sem dúvida, uma das poesias mais lindas que eu já li! Seu blog ficou iluminado com tanto amor... Apaixonantes versos... de um lirismo maravilhoso... Aplausos pra vc, e bjos em seu coração...

Juliana Castelar disse...

Querido Poeta, falar que ama é fácil... fácil demais. Difícil é vivenciar as palavras proferidas com a verdade que cabe neste sentimento. Amizade, cumplicidade, carinho, cuidado e tantas outras coisas a mais que cabem no Amor... Beijos na Alma

Nalva disse...

Isso é amar sem condições...simplesmente amar...deixar livre...É lindo!
Mas é utopia...eu acho que esse jeito de amar só existe de mãe pra filho...INCONDICIONALMENTE...

O amor de homem e mulher...é pele ,desejo...o que se deseja é matéria...queremos inteiramente pra nós...O amor é possessivo,é egoísta...

Muito embora isso é seja superioridade...deixar o outro com a batuta o tempo todo é impossível!!
Eu acho!

De vez em quando queremos o comando do piano...os pensamentos sim esses são completamente livres...desde que não firam o orgulho do outro...[foi só uma analise]

A poesia em si é linda...e chega a sublimar o amor!

Beijos poéticos!

Poemas disse...

Dizer e fazer-se entender que ama é muito difícil.

Adorei seu poema, muito lindo!

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=5Zqcymrxc88&feature=related

Eu nunca amei ninguém, como eu te amei ... aff! #nãoconsigoteresistirecomentei#
Também te amo! Beijos, beijos, beijos e mais beijos

Mel disse...

Robert,cada vez que te leio fico mais encantada...és um poeta fascinante,é difícil ler-te sem sentir a tua poesia...vivo a emoção em cada verso...Isso é poesia!

Você é doce,um doce poeta!

Beijos!

Anónimo disse...

Vc sempre encanta...me leva além de mim,atravesso mundos sem fim!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...