Grito surdo


Grito surdo

Aos gritos de ternura
me vou acostumando
enquanto me ódio
cravado no vazio e no enganos…

(-)Estou muito sufocada...
(-) Desejo muito que voltes…
(-) tá muito sem graça ficar sem ti…

Perdi definitivamente morada
na súbita e ébria escuridão
de um silêncio e de um destino
que me vai sendo escasso…

(-) Não consigo esquecer o seu olhar!
(-) Não consigo esquecer a emoção!

Conheço a morte de abandonar o amor
entre seus lugares esquivos
onde o desfalecer acontecer disperso…

(-) Não sei se eu sinto mais odio ou saudade de você?
(-) Que raiva!!!

E agora?
Depois de tudo como me poderei vencer?

Robert

1 comentário:

Kellen Cristine disse...

Parece-me mais um grito mudo de um sentimento lutando para não deixar de existir!!! Ódio? Saudade? É preferivel acreditar na saudade. Linda Poesia.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...