Pintei nosso amor


Pintei nosso amor

Pintando a tela amarelada pelos relógios cavalgantes,
lentamente desci o pincel molhado de pura sede,
traços do teu corpo deitado e amado na singela rede
movediço e infirme leito dos apaixonados amantes..

Perfumado óleo das pinceladas que distinguem os desejos
e a mestria da lembrança da nossa noite de amor,
que em tons de vermelho fogo pinto orgasmos com ardor…
Abanam os cavaletes e levanta o fogo ao pintar os beijos…

Labaredas nómadas alteiam o pensamento audaz
em que o corpo treme e as mãos acariciam a pintura
borrando os ais gritantes que a madura tela solta com alento…

Quanto vigor agoniza os oceanos sem paz!
Nas encruzilhadas do teu corpo que respeito clausura
Envio a palavra “amo-te” nas asas do fiel amigo vento…

Robert

5 comentários:

♥ SANDRA AMORIM ♥ disse...

Ah Rob, que delícia te ler! Os oceanos estão sem paz mesmo, desde que por aqui chegastes,rs
Beijooooooooooo

Denise Matos disse...

Ficou divina essa poesia, arte e amor se misturam, vivem o mesmo sentimento, lado a lado, em perfeita harmonia. Lindo demais!

Que 2012 seja maravilhoso pra todos nós, Bjos em seu coração...

Juliana Castelar disse...

"Lentamente desci o pincel molhado de pura sede" Nossa! Isso é arte pura! Poesia!Pintura! Lindo! Lindo de se ler Robert...beijos

Anónimo disse...

VOCÊ E A ARTE ... UM ARTISTA COMPLETO ... PINTURA E POESIA ... AMAR E SONHAR ... PARABÉNS! YLUNA

Flor Morena disse...

Querido Robert... você é o pintor das almas... Parabéns.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...