Amei-te escondido…


Amei-te escondido…

Muito mais é aquilo que nos une
que tudo aquilo que nos separa,
Verte em mim por ti o amor impune
que ao vasto espaço se compara….

Adolescente apaixonado que já cora
em tela pintada de belas aguarelas
salpicadas nas borboletas amarelas
esvoaçantes que anunciam a aurora.

Quero escrever em poesia minha irmã,
que em cochichos no largo da igreja
soube que um grande amor nos almeja
perante a virgem confessado logo pela manhã.

Uma por uma as Ceifeiras para campo vão
e eu fico a olhar as insinuantes estrelas
acanhado vendo as mães partirem com elas
levando meus sonhos no seu lindo coração….

Entre as espigas e as papoilas o devaneio
Inspiras a este pobre e solitário poeta,
que escondido atrás da alma pura e inquieta
deseja ser a água que corre em direção ao seio.

Enquanto matas a sede ao sol ardente,
faço rascunhos escondido atrás do medronheiro,
onde avistado pelo capataz matreiro,
Viro chacota da mulherada carente.

Corro envergonhado entre os íntimos sonhares
protegido entre as estopes esverdeadas,
apertando as folhas do livro rasgadas
pelas lágrimas que correm pelo rosto aos pares…

sentado no chão desfolhado o amor silencioso,
que guardara por ti no meu coração puro,
deixo ao sonhos a incerteza de nosso futuro
escritos nas folhas rasgada como o mais belo gozo.

A linda camponesa que amor em mim desperta
Luz da paixão que sonho acordado e consinto
agora que sabe o amor que tanto sinto
deixará a pobre alma do poeta de estar deserta.

A virgem que fizemos hoje pela manhã
Já todos em todos os recantos do amor domina...
Espero-te linda Ceifeira…apaixonada e divina,
Espero-te de novo no Largo da Igreja…amanhã.

Robert

4 comentários:

Denise Matos disse...

Boa tarde Robert, venho que sua inspiração voltou e em grande estilo, ao contrário da minha claro, que se alimenta da tristeza.

Querido, espero que a camponesa te faça feliz de forma sublime. Aplausos pra vc e bjos em seu coração...

Denise Matos disse...

Boa tarde Robert, vejo que sua inspiração voltou e em grande estilo, ao contrário da minha claro, que se alimenta da tristeza.

Querido, espero que a camponesa te faça feliz de forma sublime. Aplausos pra vc e bjos em seu coração...

Sandra Amorim disse...

Anjo amigo, sempre encantando com seus versos lindos... Que bom que escrevestes falando sobre o amor! Fico feliz, pois dizias que a inspiração tinha sumido... A Camponesa te inspira e me faz feliz! Beijoooo

Nalva disse...

Já comentei lá no RL ,depois copio e trago pra cá...adianto que é uma das mais lindas que já li...isso porque o POETA está se queixando de falta de inspiração...imagine se a inspiração lhe chega?...ahhhhh,menino,nem dou conta de comentar,viciada em você...pra sempre...tem meu carinho e lealdade...te adoro Rob!

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...