É amor


É Amor

Amor…amor,
que arde intensamente viril,
dor,
que arde sem se ver…
Febril,

Amo-te...eu sei,
Grito…corro…por favor…
Corre cravado no coração que queima,
em fagulhas que apanhei
ao vento…

Que teima,
lembrar com intento,
Que é amor…

Robert

2 comentários:

Denise Matos disse...

Oi Robert, lindíssima poesia! Uma poesia leve e ao mesmo tempo ardente... uma poesia que nos faz querer sentir tal sentimento.
Aplausos, muitos!!! Bjos...

Bia Hain disse...

Suas linhas falaram sobre o amor de uma forma intensa e doce ao mesmo tempo. Maravilhoso! Um abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...