Quero viver a minha poesia


Quero viver a minha poesia

Tenho escrito léguas e léguas de letras impunes de mágoa,
palavras que tomaram asas e voaram…voaram,
silabas que se transformaram em gotas de água,
adjetivos e intensos verbos que em névoa evaporaram!

Sendo eu um tolo sonhador que mergulha sem rumo
não podendo e não querendo de ti o nó desatar,
sacrifico realidades insanas que abraço e salto a prumo,
salto nas gotas choradas sem nunca te molhar!

Queria por momentos ser aragem e correr pelas faces
roçando nos beijos que perdi nos sensuais e doados versos,
aragem que guardei no sussurro e queria que respirasses...
mesmo que a mágoa tornem os beijos adversos…

Ser a luz espelhada no teu olhar registada em cartório,
ser a cura da morte lenta imposta pela distância presente
escrita em palavras choradas em tom provocatório
pela saudade da doação de espirito que trago em mente!

Viver cada exclamação ou reticência mesmo que esmagasses
os pontos finais gritados nos sonetos paridos por mim,
desvalorizando as paternidades e não escutasses,
o desejo que tenho em te viver...sim desejo…desejo sim.

Onde foste primavera, papoila ou uma brisa simplesmente,
camponesa, menina e moça, mas sempre … poesia,
comparada a Cristo nos olhos de fé do maior dos crentes
semeando em mim o desejo de viver-te dia a dia!

Robert

4 comentários:

Flor Morena disse...

É verdade que quando atingimos a maturidade nessa nova fase do "enta" - e que foi tão sonhada aos 18 anos, só porque pensávamos que ela só chegaria com nossa maioridade - ledo engano, é que nos dá a total segurança de escolhermos bem o que queremos da vida: se é viver apenas só; de poesias; de sonhos; de recordações; de amores sazonais ou de amores eternos (se é que ele existe...) Não importa... o que importante é que temos, agora, a nítida impressão dessa segurança, mesmo que possamos errar novamente nas escolhas e nos alimentarmos novamente de poesia.. Hugs your Morena Flor.

Sandra Amorim disse...

Como já te falei meu querido... viva mesmo sua poesia, assim seremos sempre presenteados com belas palavras! bjsssssssss

Denise Matos disse...

Relendo essa beleza e achando um luxo! Parabéns poeta, arrasou! Bjos...

Nalva disse...

Você vive e faz viver tudo isso através da sua poesia...elas são palavras que beijam,abraçam e deixam rastros de flores nos corações solitários...
Perfumam os nossos dias...

Poeta Jardineiro do amor...
Encantador de Marias!

Beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...