Desde a hora que acreditei no amor


Desde a hora que acreditei no amor

Tu e tu e tu e somente tu, completas o meu eu,
Desde a hora que acreditei no amor e que te vi
soaram as arpas nos oceanos e os anjos no céu
anunciando a beleza do amor refletido… em ti.

Na cegueira poética em que vejo com certeza,
a luz nas palavras suspeitas de pura pureza,
em que desejo escrever meu destino, sendo teu,
mas serei eu enquanto queiras como eu queria
mas chorei tanto julgando que não merecia...
ser teu neste destino onde teu amor seria meu!

Nas poesias escrevi essa paixão e até suponho
que quem leu sentiu no coração o meu sonho,
não aquele que seria a própria poesia que nunca vivi,
Porque não vivi na verdade um sonho de outrora
com a intensidade que a poesia ensinou a viver agora
Desde a hora que acreditei no amor e que te vi.

Sofrerei enquanto nas entrelinhas não te veja
ou esbelta como uma flor no largo do igreja,
envolta em luz do nosso apaixonado e eterno véu
onde verei então que me queres e te pertenço,
quando assim penso…acredito fielmente que mereço
aprender a voar pelos recantos junto dos anjos no céu.

Correu agora uma lágrima pelo olhar intensamente puro
com que leio o destino onde te vejo no meu futuro,
que outrora no passado escrevi, guardei e não esqueci
nas poesias em que por amor por ti fui recompensado
sem perder esse passado agora estou apaixonado
Desde a hora que acreditei no amor e que te vi...

Robert

6 comentários:

Luíza disse...

Eu acredito no amor... acredito nas pessoas de coração sensível, acredito em vc! Meu Anjo,meu amigo, meu amor! Estou felicíssima por vc ter voltado a escrever!

Luíza

NalvaSol disse...

Como já comentei lá no RL,não pode ficar sem escrever,sua poesia é sua alma,é lindo demais,parabéns meu amigo,um beijo no coração!

Denise Matos disse...

Faltam-me as palavras corretas pra expressar a alegria que sinto em ver seu lindo blog produzindo novamente... é algo que acalenta o coração... imenso prazer em voltar a ler-te Robert, és um grande poeta e sua sensibilidade toca nossos corações. Aplausos pela linda obra e bjos em seu coração...

Kellen Cristine disse...

Não sei se as minhas palvras conseguiriam descrever o que sinto ao ler a tua poesia! Emoção? Felicidadade? São tantos sentiemntos juntos! Bom saber que a sua fiel,amante e companheira voltou...rs Beijos

Bia Hain disse...

Robert, mais um lindo poema com palavras proferidas pelo coração. Estava sumido, que bom vê-lo por aqui. Um abraço!

Flor Morena disse...

Eu ja acreditei muito no AMOR. Por ele ja me enveredei por caminhos que só o amor é capaz de fazer-nos percorrer. Mas o que eu queria mesmo era de nunca ter sabido que esta mágica um dia se acaba

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...