Oralmente




…Comer um fruto é saber-lhe o sentido… soavam no meu ouvido os gritos da língua saltando no fojo, entre seus mil e um corpetes…Fina cútis dos montes de vênus onde rastos de saliva cavalgaram na potra de nácar sem bridas e sem estribos…. Pequenos e grandes lábios sujos de beijos e gemidos onde um cardume de peixes mergulha circundando todos os clitóris que o orgasmo edificou…

Robert

2 comentários:

• Eva Correia disse...

.. Tão intenso, quanto primoroso. Os detalhes sempre buscando a realidade dos versos, dos teus desejos, e fico contemplada de alegria, sensualidade com os teus versos.

Gosto da forma como in.duz !

Beijos Meus

Sandra Amorim disse...

Versos excitantes meu amigo! Deu calor,rs... beijooooooooooo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...